O setor de epidemiologia de Coronel Xavier Chaves realizou no mês de janeiro, o primeiro Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIA) de 2021. Essa pesquisa consiste em realizar métodos de amostragem e mapeamento de índices de infestação e tipos de criadouros do Aedes Aegypti nas áreas urbanas. A busca pelas amostras foi realizada em 337 imóveis da cidade entre os dias 12 e 20 de janeiro. Esse número corresponde a 33% dos imóveis visitados durante o programa de mapeamento.

O resultado apontou que o município possui médio risco de infestação do mosquito. Durante os trabalhos de campo foram coletadas 34 amostras de larvas e encaminhadas para análise no laboratório da Gerência Regional de Saúde em São João Del Rei. Entre elas foram detectadas 9 amostras positivas para o Aedes Aegypti, e 1 amostra positiva para o Aedes Albopictus. Das amostras positivas para o Aedes Aegypti, 3 foram encontradas no centro, 3 no Bairro Nossa Senhora da Conceição, 2 na Vila Fátima e 1 na Vila Mendes.

A população deve ficar atenta aos cuidados com a água parada, visto que a maior parte dos focos de larvas estavam em recipientes como plásticos, garrafas, baldes, latas e pneus, localizados nos quintais das residências. Além disso, o período chuvoso deste início de ano pode ser favorável à propagação do mosquito. Faça a sua parte, tire 10 minutos do seu dia para verificar o seu quintal!